Filipinas - RETRÔ88

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Filipinas

Selos Postais Mundo



Filipinas:
Nome oficial: Repúbliká ng̃ Pilipinas (República das Filipinas)
Superfície: 300.000 Km2
População:   53.170.000 (em 1980 fonte Nova Cultural)
População: 103.995.000 (estimativa para 2017 fonte Wikipédia)
Capital: Manila
Língua oficial: Filipino e inglês
Governo: República presidencialista
Presidente: Rodrigo Duterte
Vice-presidente: Leni Robredo
Independência da Espanha e dos Estados Unidos
Declarada: 12 de junho de 1898
Reconhecida: 4 de julho de 1946
Constituição atual: 2 de fevereiro de 1987
PIB (Nominal) Total: US$ US$ 289.686 bilhões (Estimativa de 2014)
Per Capita: US$ US$ 6.985 (Estimativa de 2014)
IDH (de 2017): 0,699
Moeda: Peso filipino (PHP)
Cód. Telefone: +63
Cód. Internet: .ph
Website governamental: http://www.gov.ph/

Filipinas (em filipino: Pilipinas, pronunciado: [ˌpɪlɪˈpinɐs]; em inglês: Philippines , pronunciado: [ˈfɪlɨpiːnz]), oficialmente República das Filipinas (em filipino: Repúbliká ng̃ Pilipinas; em inglês: Republic of the Philippines), são um vasto arquipélago da Insulíndia delimitado pelo Mar das Filipinas a leste, Mar de Celebes e Mar de Sulu a sul e Mar da China Meridional a oeste. O Estreito de Luzon, a norte, separa as Filipinas de Taiwan, o Estreito de Balabac, a sudoeste, é uma das fronteiras marítimas com a Malásia, e há também fronteira marítima com a Indonésia, a sul, através do Mar de Celebes, e com o Vietnã, através do Mar da China Meridional. Também Palau se situa nas imediações, para sudeste. A sua capital é Manila, enquanto sua cidade mais populosa é Cidade Quezon, ambas fazendo parte da Grande Manila. O país é composto por 7 641 ilhas, que são categorizadas amplamente em três principais divisões geográficas: Luzon, Visayas e Mindanau. A sua localização, no Círculo de fogo do Pacífico, próximo da Linha do equador, faz as Filipinas propensas a terremotos e tufões, mas também dota-as com recursos naturais abundantes, colocando-as entre os países megadiversos. Com aproximadamente 300 000 quilômetros quadrados, as Filipinas são o 72º maior país do mundo.

Com uma população de mais de 100 milhões de habitantes, as Filipinas são o sétimo país mais populoso da Ásia e o 12º mais populoso do mundo. Um adicional de 12 milhões de filipinos vivem no exterior, o que representa uma das maiores diásporas do mundo. Várias etnias e culturas se encontram em todo o arquipélago. Em tempos pré-históricos, os negritos foram alguns dos primeiros habitantes do arquipélago. Eles foram seguidos por ondas sucessivas de povos austronésios. Vários reinos e nações foram estabelecidos no território, governados por datus, rajás, sultões ou lakans. O comércio com a China, com povos malaios, indianos e islâmicos também passou a ocorrer.

A chegada de Fernão de Magalhães, em 1521, marcou o início da colonização européia. Em 1543, o explorador espanhol Ruy López de Villalobos deu ao arquipélago o nome de Las Islas Filipinas, em honra de Filipe II de Espanha. Com a chegada de Miguel López de Legazpi, em 1565, o primeiro assentamento espanhol no arquipélago foi estabelecido, e as Filipinas se tornaram parte do Império Espanhol por mais de 300 anos. Isso resultou na propagação do catolicismo romano, que se tornou a religião predominante no país. Durante este tempo, Manila se tornou o centro asiático do Galeão de Manila, que partia desta com destino a Acapulco, no México, consolidando a frota da prata. No fim do século XIX, ocorreu a Revolução Filipina, resultando na Primeira República do país. Contudo, a Espanha não reconheceu a independência filipina e cedeu o território aos Estados Unidos. A Guerra Filipino-Americana eclodiu pouco tempo depois, seguida por um breve período de ocupação japonesa, durante a Segunda Guerra Mundial. A soberania das Filipinas só foi reconhecida em 4 de julho de 1946, pelos Estados Unidos.

O grande tamanho da população do país e o potencial econômico a levaram a ser classificada como uma das potências regionais do Sudeste Asiático. Entretanto, o país ainda enfrenta notáveis problemas sociais, além de baixo PIB per capita e alta dívida pública. É um membro fundador da Organização das Nações Unidas (ONU), Organização Mundial do Comércio (OMC), Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN) e Cúpula do Leste Asiático (CLA).
Cuando Filipinas fue un País Hispanohablante. (vídeo)



 
Copyright 2017. All rights reserved.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal