Bélgica e (Holanda) para Países Baixos - RETRÔ88

Ir para o conteúdo

Bélgica e (Holanda) para Países Baixos




Atualizado em: 10 / Novembro / 2021
Bélgica:
Nome Oficial: Koninkrijk België (flamengo)
                    Royaume de Belgique (francês)
                    Königreich Belgien (alemão)
                    Reino da Bélgica
Superfície:  30.528 Km2
População:    9.900.000 (em 1980 Fonte Nova Cultural)
População:   11.420.163 (Censo de 2018 fonte Wikipédia)
Capital:  Bruxelas
Língua Oficial: Flamengo, francês e alemão
Governo: Monarquia constitucional federal parlamentarista
- Rei:  Filipe
- Primeiro-ministro: Alexander De Croo
Independência dos Países Baixos
- Declarada 4 de outubro de 1830
- Reconhecida 19 de abril de 1839
Entrada na UE: 25 de março de 1957 (membro cofundador)
Org. internacionais:  ONU (OMC), União Europeia
PIB (Nominal) Total: US$ 527.810 Bilhões (Estimativa de 2014)
Per Capita: US$ 47.164 (Estimativa de 2014)
IDH (de 2019): 0,931
Moeda: Euro (EUR)
Cód. Telefone: +32
Cód. Internet: .be
Website governamental: https://www.belgium.be/

Bélgica (em neerlandês: België ; em francês: Belgique ; em alemão: Belgien, oficialmente Reino da Bélgica (em neerlandês: Koninkrijk België, em francês: Royaume de Belgique, em alemão: Königreich Belgien), é um país situado na Europa ocidental. É um dos membros fundadores da União Europeia (UE), inclusive hospedando a sede, bem como as de outras grandes organizações internacionais, como a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). A Bélgica tem uma área de 30 528 quilômetros quadrados e uma população de cerca de 10,7 milhões de habitantes.

Ocupando a fronteira cultural entre a Europa germânica e a Europa latina, a Bélgica é basicamente constituída por dois grupos linguísticos: os flamengos, falantes do holandês, e os valões, que falam francês, além de um pequeno grupo de pessoas que falam a língua alemã. As duas maiores regiões da Bélgica são a região de língua holandesa de Flandres, no norte, com 59% da população e a região francófona da Valónia, no sul, habitada por 31% dos belgas. A Região de Bruxelas, oficialmente bilíngue, é um enclave de maioria francófona na Região flamenga e tem 10% da população. Uma pequena comunidade de língua alemã existe no leste da Valónia. A diversidade linguística da Bélgica e conflitos políticos e culturais são refletidos na história política e no complexo sistema de governo do país.

O nome "Bélgica" é derivado de Gália Belga, uma província romana na parte setentrional da Gália, que era habitada pelos belgas, uma mistura de povos Celtas e Germânicos. Historicamente, Bélgica, Holanda e Luxemburgo eram conhecidos como os Países Baixos, nome utilizado para designar uma área um pouco maior do que o atual grupo de países chamado Benelux. Do final da Idade Média até o século XVII, o país era um próspero centro de comércio e cultura. A partir do século XVI até a Revolução Belga em 1830, muitas batalhas entre as potências europeias foram travadas na área da atual Bélgica, fazendo com que o país fosse apelidado de "campo de batalha da Europa", reputação reforçada pelas duas Guerras Mundiais.

Após a sua independência, a Bélgica logo participou da Revolução Industrial e, no final do século XIX, possuía várias colônias na África. A segunda metade do século XX foi marcada pela ascensão de conflitos comunais entre os flamengos e os valões, alimentados por diferenças culturais e por uma evolução econômica assimétrica entre os Flandres e a Valónia. Estes conflitos, ainda ativos, têm causado profundas reformas do Estado unitário ex-belga para um estado federal. FONTE: Wikipédia, a enciclopédia livre.



Atualizado em: 10 / Novembro / 2021
(Holanda) para Países Baixos:
Nome Ofícial:  Nederland
                     Países Baixos
Superfície:  41.528 Km2
População:  14.394.400 (em 1980 Fonte Nova Cultural)
População:  17.100.475 (estimativa para 2017 fonte Wikipédia)
Capital:  Amsterdã
Língua Oficial: Neerlandês (nacional)
                     Frísio, Inglês e Papiamento (regionais)
Governo:  Monarquia constitucional
- Monarca:  Guilherme Alexandre
- Primeiro-ministro:  Mark Rutte
Independência da Espanha
- Declarada 26 de julho de 1581 (439 anos)
- Reconhecida 30 de janeiro de 1648 (373 anos)
Entrada na UE:  25 de março de 1957 (membro co-fundador)
Org. internacionais:  ONU (OMC), UE
PIB (Nominal) Total: US$ 880.394 Bilhões (Estimativa de 2014)
Per Capita: US$ 52.248 (Estimativa de 2014)
IDH (de 2019): 0,944
Moeda: Euro (EUR)
Cód. Telefone: +31
Cód. Internet: .nl
Website governamental:  https://www.rijksoverheid.nl/

Os Países Baixos (em neerlandês: Nederland AFI: literalmente "país baixo"), conhecidos informalmente como Holanda (ver abaixo), são uma nação constituinte do Reino dos Países Baixos localizada na Europa ocidental. O país é uma monarquia constitucional parlamentar democrática banhada pelo mar do Norte a norte e a oeste, que faz fronteira com a Bélgica a sul e com a Alemanha a leste. A capital é Amesterdão (português europeu) ou Amsterdã (português brasileiro) e a sede do governo é a cidade da Haia.

Geograficamente, os Países Baixos são um país de baixa altitude, com cerca de 27% de sua área e 60% de sua população situados abaixo do nível do mar. Uma significativa parte de seu território foi obtida através da recuperação e preservação de terras através de um elaborado sistema de pôlderes e diques. Grande parte dos Países Baixos é formada por um grande delta, o delta do Reno e Mosa.

Os Países Baixos são um país densamente povoado que é conhecido por seus moinhos de vento, tulipas, tamancos, cerâmica de Delft, queijo gouda, artistas visuais, bicicletas e, além disso, pelos valores tradicionais e virtudes civis, tais como a sua tolerância social, tendo se tornado conhecido por sua política liberal em relação as drogas, prostituição, eutanásia e aborto. É um dos países com melhor qualidade de vida do mundo, fator pelo qual possui um dos melhores Índices de Desenvolvimento Humano da Europa e do mundo, segmentado em sua forte política de assistência social e direitos considerados essenciais, como educação, saúde e segurança de qualidade, garantidos em nível máximo a seus habitantes. O país possui uma das economias capitalistas mais livres do mundo — 13ª posição entre 180 países de acordo com o Índice de Liberdade Econômica em 2019.

Entre outras afiliações, o país é membro fundador da União Europeia (UE), da OTAN, da OCDE, da OMC e assinou o Protocolo de Quioto. Junto com a Bélgica e com Luxemburgo, o país constitui a União Económica do Benelux. O país é palco de cinco tribunais internacionais: a Corte Permanente de Arbitragem, o Tribunal Internacional de Justiça, o Tribunal Penal Internacional para a antiga Jugoslávia, o Tribunal Penal Internacional e o Tribunal Especial para o Líbano. Os quatro primeiros estão situados na Haia assim como a sede da agência da UE de informação criminal, a Europol. Isto levou a cidade a ser apelidada de "capital judiciária do mundo". FONTE: Wikipédia, a enciclopédia livre.

+ S E L O S  da  Bélgica

+ S E L O S da Holanda

Voltar para o conteúdo