Panamá - RETRÔ88

Ir para o conteúdo

Panamá




EM: 19 / Agosto / 2021
Panamá:
Nome Oficial: República de Panamá
                    República do Panamá
Superfície:  75.517 Km2
População:  2.088.600 (em 1980 Fonte Nova Cultural)
População:  4.034.119 (estimativa para 2016 fonte Wikipédia)
Capital:  Cidade do Panamá
Língua Oficial:  Espanhol
Governo:  República presidencialista
- Presidente:  Laurentino Cortizo
- Vice-presidente:  José Gabriel Carrizo
Independência:  da Espanha e da Colômbia
- da Espanha 28 de novembro de 1821
- da Colômbia 3 de novembro de 1903
Org. internacionais: ONU, OMC, OEA, AEC, UNASUL (observador), Grupo do Rio, União Latina, Conferência Ibero-Americana
PIB (Nominal) Total: US$  44.789 Bilhões (Estimativa de 2014)
Per Capita: US$ 11.824 (Estimativa de 2014)
IDH (de 2019): 0,815
Moeda: Balboa panamenha (PAB), e Dólar estadunidense (USD)
Cód. Telefone: +507
Cód. Internet: .pa
Website governamental: http://www.presidencia.gob.pa/

O Panamá, oficialmente República do Panamá (em castelhano: República del Panamá), é o país mais meridional da América Central. Situado no istmo que liga as Américas do Norte e do Sul, o país faz fronteira com Costa Rica, a oeste; Colômbia, a sudeste; Caribe, ao norte, e com o Oceano Pacífico ao sul. A capital é a Cidade do Panamá.

A população do país é formada por uma maioria de mestiços de índios e europeus. O setor econômico mais importante é o de serviços, que abrange as atividades financeiras e as rendas obtidas com a zona de livre-comércio de Colón, a exploração do canal e o registro de navios mercantes.

Explorado e estabelecido pelos espanhóis no século XVI, o Vice-Reino de Nova Granada rompeu com o Império Espanhol, sob o nome da República da Grã-Colômbia. Quando a Grã-Colômbia foi dissolvida em 1831, o país e Nova Granada, que mais tarde se tornaria a Colômbia, permaneceram unidos. Com a retomada da construção do canal e os entraves colocados pelo governo colombiano, os Estados Unidos resolvem financiar movimentos separatistas locais de modo a controlar a região. Em 1903 Panamá se separou da Colômbia, permitindo que o Canal do Panamá fosse construído pelo Corpo de Engenheiros do Exército dos Estados Unidos entre 1904 e 1914. Em 1977, foi assinado um acordo para a transferência completa do canal dos Estados Unidos para o Panamá até o final do século XX.

A receita proveniente do canal representa hoje uma parcela significativa do PIB do país. O Panamá tem a segunda maior economia da América Central, além de ser a economia que mais cresce e o maior consumidor per capita da região. Em 2013, o país ficou em quinto lugar entre as nações da América Latina no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e na 59ª posição no mundo. Desde 2010, o Panamá continua como a segunda economia mais competitiva da América Latina de acordo com o Índice de Competitividade Global do Fórum Econômico Mundial. A selva do país é o lar de uma abundância de plantas, animais e pássaros tropicais, sendo muitos deles endêmicos da região. Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Voltar para o conteúdo