Paquistão - RETRÔ88

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Paquistão

Selos Postais Mundo



Paquistão:
Nome Oficial:  اسلامی جمہوریۂ پاکستان (urdu)
                     (Islami Jamahuriat Pakistan)
                     Islamic Republic of Pakistan (inglês)
                     República Islâmica do Paquistão
Superfície:  880 940 km2
População:   93.286.000 (em 1980 fonte Nova Cultural)
População: 182.490.721 (estimativa para 2012 fonte Wikipédia)
Capital:  Islamabad
Língua Oficial:  Urdu (língua nacional)
                      Inglês (governo)
                      Outras 58 línguas minoritárias também são utilizadas
Governo:  República parlamentarista
Presidente:   Arif Alvi
Primeiro-ministro:   Imran Khan
Independência do Reino Unido;
Declarada:  14 de agosto de 1947
República Islâmica:  23 de março de 1956
PIB (nominal) Total: US$ 236.518 bilhões (Estimativa para 2013)
Per Capita: US$ 1.295 (Estimativa para 2013)
IDH (de 2017): 0,562
Moeda: Rupia paquistanesa (Rs.) (PKR)
Cód. Telefone: +92
Cód. Internet: .pk

Paquistão (em urdu: پاکستان ; Pākistān, oficialmente República Islâmica do Paquistão (em urdu: اسلامی جمہوریۂ پاكستان ; Islāmī Jumhūriyah-yi Pākistān, é um país soberano do Sul da Ásia. Com uma população superior a 200 milhões de pessoas, é o quinto país mais populoso do mundo e, com uma área de 796.095 quilômetros quadrados, é a 36ª maior nação do planeta em área territorial. O Paquistão tem um litoral com 1046 km de extensão ao longo do Mar da Arábia e do Golfo de Omã. O país asiático faz fronteira com a Índia a leste, com o Afeganistão a oeste e norte, com o Irã a sudoeste e com a República Popular da China no extremo nordeste. O Paquistão não tem fronteira com o Tajiquistão pois estão separados pelo estreito Corredor de Wakhan, pertencente ao Afeganistão, no norte. Também compartilha uma fronteira marítima com Omã.

O território que hoje constitui o Paquistão moderno foi o lar de várias culturas antigas, como a Mergar durante o Neolítico, da Civilização do Vale do Indo durante a Idade do Bronze e, posteriormente, foi a sede de reinos governados por pessoas de diferentes credos e culturas, como hindus, indo-gregos, muçulmanos, turco-mongóis, afegãos e siques. A região foi governada por vários impérios e dinastias, como o Império Máuria indiano, o Império Aquemênida persa, o Império de Alexandre, o Califado Omíada árabe, o Império Mongol, o Império Mogol, o Império Durrani, o Império Sique e o Império Britânico. Como resultado do Movimento Paquistanês, liderado por Muhammad Ali Jinnah , e pela luta da região por independência política, o Paquistão foi criado em 1947 como uma nação independente para os muçulmanos das regiões no leste e no oeste do subcontinente indiano, onde havia uma maioria muçulmana. Inicialmente um domínio, o Paquistão adotou uma nova constituição em 1956, tornando-se uma república islâmica. A guerra civil, em 1971, resultou na secessão do Paquistão Oriental como um novo país chamado Bangladesh.

O Paquistão é uma república parlamentar federal que consiste em quatro províncias e quatro territórios federais. É um país étnica e linguisticamente diverso, com uma variação semelhante na sua geografia e na vida selvagem. Uma potência média e regional, o país tem a quarta maior forças armadas do mundo e é também uma potência nuclear, sendo a única nação no mundo islâmico e a segunda no Sul da Ásia a ter este tipo de armamento. O Paquistão tem uma economia semi-industrializada, com uma agricultura bem integrada e é considerado um dos "Próximos Onze".

A história pós-independência do país tem sido caracterizada por períodos de ditadura militar, instabilidade política e conflitos com a vizinha Índia. O país continua a enfrentar problemas desafiadores, como superpopulação, terrorismo, pobreza, analfabetismo e corrupção política. O Paquistão é parte da Organização das Nações Unidas, da Commonwealth, da Associação Sul-Asiática para a Cooperação Regional, da Organização de Cooperação Econômica, da União pelo consenso, do Grupo de Cairns, do G11, do Grupo dos 20 e é membro fundador da Organização da Conferência Islâmica e do CERN. Também é considerado pelos Estados Unidos como um dos principais aliados extra-OTAN.
Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.


+ S E  L O S


 
Copyright 2017. All rights reserved.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal